O empate caseiro do Real Madrid ante o Club Brugge, na segunda jornada da Liga dos Campeões deixou ainda mais pesado o clima no balneário dos merengues, onde todos parecem ser culpados da má fase. Logo após o jogo com os belgas, Casemiro passou pela zona mista e, questionado se a equipa devia pedir desculpas aos adeptos pelo resultado, o brasileiro foi peremptório.

"Isto é a Champions, não há jogos fáceis. Eles chegaram duas vezes à baliza e fizeram dois golos. É complicado jogar a perder 2-0. Reagimos bem, ainda temos muitas oportunidades, dependemos de nós, que é o mais importante. [...] Não há que pedir desculpa, porque tentámos sempre fazer as coisas bem. Quando estás a perder 2-0, queres fazer as coisas mais rápido e acabas por te enganar, mas acho que os adeptos e os jogadores acreditaram até ao final. Dentro do mal, se pensarmos na classificação, dependemos de nós", disse o médio brasileiro.

Já Sergio Ramos não foi na zona mista mas aproveitou as redes sociais para pedir mais dos jogadores merengues.

"Uma primeira parte muito má, uma segunda parte com a coragem e a entrega que se esperam de nós. Temos de fazer mais e melhor", escreveu o capitão merengue nas redes sociais.

O Club Brugge, quase ‘escandalizou’ o Santiago Bernabéu esta terça-feira, onde esteve a vencer por 2-0, com um ‘bis’ do nigeriano Dennis Bonaventure, aos nove e 39 minutos, em dois contra-ataques.

O ‘capitão’ Sergio Ramos, aos 55 minutos, e o brasileiro Casemiro, aos 85, logo após a expulsão do holandês Vormer, restabeleceram a igualdade e salvaram os ‘merengues’ do terceiro desaire seguido na prova. Somam um ponto.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.