Neymar regressou esta terça-feira aos relvados e até marcou o golo na derrota do PSG diante do Borussia Dortmund, na primeira mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões.

No final da partida, o avançado brasileiro culpou o clube francês por ter estado tanto tempo sem competir. Neymar, recorde-se, não jogava desde o dia 1 deste mês de fevereiro

"É muito difícil estar quatro partidas sem jogar, mas, infelizmente, não foi a minha decisão. A decisão foi do clube e dos médicos. Eles optaram assim e eu não gostei", começou por dizer o brasileiro à RMC.

"Tivemos muitas conversas sobre estas decisões, porque eu sempre quis jogar. Sentia-me bem, mas o clube tinha medo. No final, quem pagou fui eu. Se estivesse em melhor forma, teria feito um jogo muito melhor", garantiu.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.