Apesar da derrota frente ao Leipzig, José Mourinho enalteceu a resposta da equipa. O técnico sublinhou que os 'spurs' neste momento são uma arma sem balas.

Análise

"Fizeram tudo o que puderam para ganhar. Sabem quantos treinos o Lamela fez com a equipa? Zero. Direto da lesão para jogar 20 minutos na Champions. É esta a nossa equipa. Tenho um grupo incrível que tentou tudo por tudo para ganhar. O Leipzig tem Schick, Werner, Nkunku. (...) Isto é como ir para uma batalha com uma arma sem balas. Se tivéssemos marcado nós primeiro, o jogo tinha sido diferente. Podem dizer que também tivemos sorte, mas não concordo. Temos é um grande guarda-redes. O deles também fez defesas extraordinárias", disse.

Apesar da desvantagem na eliminatória, o técnico acredita que o resultado está em aberto.

"O 0-1 não me preocupa, é um resultado em aberto, podemos perfeitamente ir à Alemanha ganhar. O que me preocupa é que estes jogadores que jogaram são os mesmos que vou ter para os próximos tempos. Temos de jogar daqui a dois dias e o Chelsea viu o jogo no sofá, a beber uma água com limão. Muito obrigado pela escolha do horário", comentou Mourinho.

Recorde-se que o Tottenham não pode contar com duas das suas 'setas' devido a lesão: Son e Harry Kane.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.