Atlético de Madrid e Leipzig enfrentam-se esta quarta-feira no estádio de Alvalade em partida das meias-finais da Champions.

O Atleti atirou o campeão Liverpool para fora da prova nos oitavos de final e está pela quinta vez em sete temporadas nos quartos. Já o Leipzig chega a esta fase pela primeira vez.

Especial Liga dos Campeões: Acompanhe todas as decisões com o SAPO Desporto! 

A experiência contra a inexperiência. Um veterano da Champions que sabe o que é estar numa final da Champions e em Lisboa. Os colchoneros caíram precisamente em 2014 frente ao Real Madrid de Ronaldo no estádio da Luz. Desta feita, e com João Félix convocado o Atlético de Madrid chega como um dos favoritos e um candidato à atingir a final.

Leia a análise sobre os encontros dos quartos

Opinião: Única, imprevisível e com espaço para novos heróis: eis a final-8 à portuguesa
Opinião: Única, imprevisível e com espaço para novos heróis: eis a final-8 à portuguesa
Ver artigo

O 4-4-2 de Simeone é uma das soluções prováveis, com Marcos Llorente na frente. Resta saber se João Félix poderá ser aposta. Já o Leipzig é um estreante nestas andanças de Champions, mas chega também com uma palavra a dizer depois da vitória categórica nos oitavos de final frente ao Tottenham de José Mourinho. Liderados pelo inovador Nagelsmann, a equipa procura dar o salto qualitativo que a coloque ao nível dos melhores. Orçamento não parece faltar, contudo os alemães não poderão contar com Timo Werner que saiu para o Chelsea, e acabou por desfalcar a equipa do artilheiro-mor nesta fase decisiva da prova.

Do lado do Leipzig, Nagelmann poderá apostar em Yussuf Poulsen e em Patrik Schick face à ausência de Werner, mantendo o seu habitual 3-5-2 que tantos frutos tem dado. Um dos factores que pode prejudicar os alemães é o facto do campeonato já ter acabado há um mês na Alemanha.

Atlético de Madrid com 25 jogadores para Lisboa

Depois de anunciar que o plantel e a equipa técnica tiveram resultados negativos nos testes à covid-19, após os positivos de Ángel Correa e Vrsaljko, o Atlético de Madrid aterrou esta terça-feira em Lisboa, onde vai defrontar os alemães do Leipzig, a uma só mão, no Estádio José Alvalade, na quinta-feira.

Os dois jogadores infetados não viajaram com a equipa, que conta com o internacional português João Félix, um dos convocados de Diego Simeone.

Da convocatória fazem parte 25 jogadores: Jan Oblak e Antonio Adán; Kieran Trippier, Santiago Arias, Felipe Monteiro, Stefan Savic, José María Giménez, Mario Hermoso e Renan Lodi; Saúl Ñíguez, Koke Resurrección e Héctor Herrera; Yannick Carrasco, Thomas Lemar e Víctor Machín 'Vitolo'; Álvaro Morata, Diego Costa, Ivan Saponjic, Joao Félix e Marcos Llorente.

As declarações dos técnicos

O treinador do Leipzig, Julian Nagelsmann, considerou hoje que a experiência na prova do Atlético Madrid, adversário dos quartos de final da Liga dos campeões de futebol, “não será importante” numa eliminatória a uma única mão.

O técnico germânico, de 33 anos, o mais jovem em competição, falava em conferência de imprensa virtual com a comunicação social, realizada no Estádio José Alvalade, onde defendeu que o Leipzig, que nunca havia chegado a uma fase a eliminar, terá de se concentrar no seu jogo.

“Queremos impor o nosso jogo, centrar a atenção no nosso jogo. O Atlético não tem experiência em jogar a um só jogo e não creio que a experiência vá ser importante amanhã [quinta-feira]”, disse Nagelsmann, sobre o desafio de quinta-feira, o segundo da inédita ‘final a oito’, criada devido à pandemia de covid-19.

Já Diego Simone, treinador do Atlético, sublinhou que os colchoneros só têm uma única opção frente ao Leipzig que é vencer.

"Todos têm a sua opinião. Amanhã vamos ter uma grande jogo contra uma excelente equipa treinada por um jovem treinador e que está a fazer um excelente trabalho. Acabaram em terceiro na liga. Têm números muito semelhantes aos nossos. Amanhã não é apenas importante ganhar, é a única opção", atirou.

Equipas prováveis:

Leipzig: Gulacsi; Klostermann, Upamecano, Halstenberg; Mukiele, Laimer, Sabitzer, Angelino; Nkunku, Olmo; Schick

Atlético de Madrid: Oblak; Trippier, Savic, Gimenez, Lodi; Llorente, Partey, Saul, Koke; Felix, Costa

Árbitro: Szymon Marciniak (POL)

Assistentes:

Paweł Sokolnicki (POL)

Tomasz Listkiewicz (POL)

Palco: Estádio José Alvalade

Especial Liga dos Campeões: Acompanhe todas as decisões com o SAPO Desporto! 

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.