O internacional brasileiro do Paris Saint-Germain acredita que ainda vai conquistar mais uma Liga dos Campeões e somar mais um título europeu ao seu currículo de três 'Champions' conquistadas ao serviço do Barcelona.

Atualmente no PSG, Dani Alves, de 35 anos, considera 'mediocre' apontar aos oitavos de final da prova e frisou que o objetivo deste ano do clube parisiense é conquistar o troféu da Liga dos Campeões.

Em entrevista ao portal brasileiro Globoesporte, o lateral direito falou sobre a importância da mentalidade dos jogadores quando disputam uma prova como a Liga dos Campeões.

"Temos que mudar a mentalidade para competir na Liga dos Campeões. Não é o mesmo que competir no campeonato francês", começou por dizer Dani Alves.

"Vivi isso na Juventus e foi assim que acabei por chegar à final da Champions. Trocávamos de mentalidade quando íamos competir na Champions, porque sabíamos que é uma competição de nível superior, que exige um pouco mais. Acredito que é mental mesmo", acrescentou Dani Alves para depois falar dos objetivos do PSG na prova.

"Eu não aspiro passar dos 'oitavos', acredito que seria muito medíocre responder isso. O meu objetivo é ser campeão, fazer história neste clube. Não podemos esconder qual é nosso objetivo principal com medo de falhar. Vim para o PSG para ganhar a Champions, e enquanto for jogador do PSG, esse vai ser o meu desafio. Espero que os outros companheiros pensem igual", frisou Dani Alves.

Já em relação ao novo treinador do PSG, Dani Alves considera que Thomas Tuchel trouxe outra mentalidade para o emblema parisiense e que isso poderá significar novas conquistas.

"Ele vem com uma mentalidade, um espírito totalmente diferente do que nós tínhamos. Com conceitos totalmente diferentes, e com um respeito também totalmente diferente. Acredito que a junção dessas coisas vai fazer uma somatória positiva para que as coisas fluam melhor", sentenciou.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.