A eliminação do FC Porto na terceira pré-eliminatória da Liga dos Campeões deixou a SAD azul-e-branca a fazer contas. Os 'dragões' poderiam encaixar 44 milhões de euros com a entrada na fase de grupos da Liga milionária mas tal não vai acontecer. Até o final do fecho do mercado de transferências, a 2 de setembro, é provável que o FC Porto tenha de vender alguns dos seus ativos para equilibrar as contas.

Quem também fica em situação ingrata é Sérgio Conceição, técnico que averbou a segunda derrota consecutiva, em três jogos oficiais. Na conferência de imprensa após a derrota por 3-2 com o Krasnodar no Dragão, o técnico vincou que nunca será um problem para o FC Porto e que Pinto da Costa tem a total liberdade para tomar todas as decisões, quer a nível da estrutura técnica quer ao nível da venda de algum jogador. Conceição lamentou a má entradda em jogo, que permitiu aos russos marcar três golos em meia hora.

Justificação para a má entrada em jogo: "É ingrato e cruel sofrer um golo aos 2 minutos. Falta de atenção. No segundo golo, estamos a atacar em procura do golo, e há uma transição do adversário. Não devemos sofrer esse segundo golo. E o terceiro golo surge no terceiro remate baliza, num lance em que o Alex Telles está fora. Aí fica difícil. Os jogadores reagiram de uma forma fantástica, fizemos uma segunda parte acima da média, muitas vezes com pouco discernimento, mas com a a convicção de que era possível dar a volta a uma primeira parte muito ingrata."

Impacto da eliminação para o resto da época: "A sintonia é total. O presidente sabe que está totalmente à vontade comigo para falar tudo o que é necessário. Cheguei aqui quando há quatro anos que o FC Porto não ganhava nada, e fomos campeões, ganhámos a Supertaça e chegámos às finais. O presidente está completamente à vontade. Se achar que nós, equipa técnica ou algum jogador que pode sair, é uma conversa que vamos ter em função do que será o melhor para o FC Porto num futuro próximo. Eu nunca serei um problema para o FC Porto."

Ambiente no FC Porto: " Aquilo que tem sido a intoxicação e o ambiente que têm criado ao FC Porto é inédito. Ando no futebol há muitos anos e isto foi incrível. Não foi por isso que perdemos hoje, foi por erros meus. Os meus jogadores deram uma resposta fantástica. Estou aqui com toda a força do mundo para, a partir deste resultado, ganhar títulos. Depende do que o presidente do FC Porto quiser para a equipa. Não é fácil, porque o lugar do FC Porto é na Champions, e vamos estar na Liga Europa. Não é o nosso lugar."

Muitas falhas defensivas: "Não acho que tenha havido apatia. Houve sim erros individuais. O plano A passava por dar o corredor central, metendo alguém nas costas da linha média adversária, neste caso o Nakajima. Na missão defensiva, estava mais protegida jogando muitas vezes atrás do Marega, e dando verticalidade a dois jogadores nas alas, como Luis Díaz e Corona. As coisas estavam pensadas de forma que sabíamos que íamos controlar o jogo em ataque posicional, com capacidade para ter bola, e, quando a tivéssemos, termos gente capaz de chegar na frente com perigo. O jogo foi preparado dessa forma. Os jogadores quiseram dar o melhor. Houve erros individuais durante o jogo, como há todos os dias erros da minha parte. Somos um grupo, assumo o meu erro, estou aqui a dar a cara como sempre. Se voltasse a fazer a equipa para o jogo, fazia exatamente da mesma forma."

Como explica a gestão do plantel? "Vocês não vêem os treinos. Não, não posso [explicar as minhas decisões]".

O FC Porto foi, esta terça-feira, eliminado na terceira pré-eliminatória da Liga dos Campeões e falhou o acesso ao 'play-off', ao perder em casa com os russos do Krasnodar, por 3-2, na segunda mão.

Depois de o FC Porto ter vencido na Rússia, por 1-0, o Krasnodar deu a volta à eliminatória com golos de Vilhena (03 minutos) e Suleymanov (13 e 33), com Zé Luís (57) e Luis Díaz (76) a reduzirem para os 'dragões'.

O FC Porto, que procurava a nona presença consecutiva na fase de grupos da Liga dos Campeões, vai disputar a Liga Europa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.