O futebolista internacional grego Odysseas Vlachodimos, guarda-redes do Benfica, integra o ’11 revelação’ da Liga dos Campeões desta época, destinado a jogadores com menos de 25 anos, revelou hoje a UEFA.

“Fez uma série de defesas impressionantes e foi sempre um dos melhores jogadores do Benfica nos difíceis jogos na fase de grupos”, refere o organismo europeu de futebol, em relação ao desempenho do titular da baliza das ‘águias’.

Na fase de grupos da competição, o Benfica foi eliminado e relegado para a Liga Europa, depois de terminar o Grupo E no terceiro lugar, atrás de Bayern Munique e Ajax, com duas vitórias, um empate e três derrotas.

No critério subjacente à escolha da UEFA para os jogadores revelação é necessário que estes tenham menos de 25 anos, façam a estreia na competição ou tenham uma experiência anterior reduzida.

O ‘11’ integra Vlachodimos, mas também dois jogadores do Ajax, nomeadamente, De Ligt e De Jong, além de Andrew Robertson (Liverpool), Skriniar (Inter Milão), Arthur (FC Barcelona), Aquar (Lyon), Vlasic (CSKA Moscovo), Sancho (Borussia Dortmund), Cengiz Under (AS Roma) e Lozano (PSV Eindhoven).

Na Liga Europa, que mereceu igual escolha por parte da UEFA, está presente o sérvio Luka Jovic, que se tem destacado no Eintracht Frankfurt, clube ao qual está cedido por empréstimo pelo Benfica.

O avançado, de 20 anos, que é, a par de Paco Alcacer (Borussia Dortmund), o melhor marcador da Liga alemã, ajudou o Eintracht a vencer o Grupo H da fase de grupos na Liga Europa, com um ‘contributo’ de cinco golos.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.