O Benfica venceu esta terça-feira o Fernerbahçe por 1-0, em jogo da terceira pré-eliminatória da Liga dos Campeões. Franco Cervi foi o autor do golo que dá a vantagem aos 'encarnados' nesta eliminatória com os turcos. A vitória coloca a equipa da Luz mais próxima de seguir para o 'play-off' da competição.

Rui Vitória escolheu para o primeiro jogo oficial da época 2018/2019 o mesmo onze que perdeu contra o Lyon na última quarta-feira em jogo a contar para a Eusébio Cup e International Champions Cup. Gedson Fernandes segurou o lugar no meio-campo e Ferreyra era o homem mais avançado.

O jogo começou com uma polémica. Logo à passagem dos dois minutos, os 'encarnados' pediram uma grande penalidade. Gedson Fernandes ganhou a bola sobre a direita e cruza, Cervi apareceu na área e ganhou a frente a Maurício Isla, mas pareceu ter sido agarrado pelo internacional chileno. Os jogadores protestaram, mas o árbitro bielorusso Aleksei Kulbakov mandou seguir.

O Benfica sentia algumas dificuldades em circular a bola na zona de finalização, mas era a equipa que ia criando algumas oportunidades. Aos 22 minutos, Rúben Dias apareceu em boa posição para marcar, mas rematou com o pé esquerdo contra um homem do Fenerbahçe.

Os turcos deram o primeiro sinal dois minutos depois. Desconcentração da defesa dos 'encarnados' e Giuliano apareceu na direita a rematar para defesa de Vlachodimos.

Até final da primeira parte, o Benfica foi quem esteve mais perto de marcar, mas na hora de finalizar não conseguiu desfeitear Volkan Demirel. Primeiro com um cruzamento-remate de Cervi que foi desviado pelo guardião turco, depois e já em cima do apito para o intervalo com Demirel a defender um remate fraco de Ferreyra.

No regresso do segundo tempo, o Benfica entrou mais pressionantes e com vontade de marcar e podia tê-lo feito logo aos 51 minutos. Salvio rematou fortíssimo, mas Demirel correspondeu com uma boa defesa.

Aos 57 minutos Salvio teve uma boa iniciativa individual. O argentino ganha a bola a meio-campo, corre até à área, aguenta a carga de vários adversários, mas quando Cervi aparece em condições de receber a bola, o remate é intercetado por um jogador do Fenerbahçe.

O Benfica acabaria mesmo por chegar ao golo aos 69 minutos. Jogada de Salvio pela direita que cruza rasteiro para o segundo poste, onde surge Cervi, que domina o esférico e remata para o fundo das redes. Demirel ainda toca na bola, mas é incapaz de parar o tiro certeiro do argentino.

Até final do encontro, o Benfica foi conseguindo segurar a curta vantagem perante a pressão mais elevada dos turcos e até podia ter dilatado a vantagem pelos pés de Castillo, que entrou para o lugar do argentino Ferreyra. O chileno apareceu em posição de finalização por duas vezes, mas Demirel conseguiu defender os dois remates.

André Almeida também teve uma boa oportunidade para marcar aos 86 minutos. A bola foi colocada na área e o internacional português apareceu na área a cabecear, com a bola a passar perto da baliza de Demirel.

O encontro da segunda-mão entre Fenerbahçe e Benfica está marcado para a próxima terça-feira em Istambul.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.