A Espanha perdeu hoje em casa com a Inglaterra 3-2, arriscando assim a sua qualificação para a fase final da Liga das Nações de futebol, o que aconteceria se a 'roja' obtivesse pelo menos um empate em Sevilha.

No final da partida, o selecionador espanhol, Luis Enrique, deu conta da sua reação ao intervalo, altura em que a formação inglesa vencia por 3-0.

"É errado que eu diga isto, mas estive maravilhoso ao intervalo, o normal seria matar os meus jogadores, mas dei-lhes um reforço [de confiança], não substituí nenhum, disse-lhes que as grandes seleções fazem-se com sofrimento", explicou.

"A primeira parte foi muito má, há que reconhecê-lo. Chegámos tarde à pressão, o primeiro golo matou-nos. No segundo tempo encostámos o rival lá atrás, foi pena não foi termos feito o 3-2. Agora continuamos a depender de nós, temos de ir à Croácia ganhar", acrescentou.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.