O jogo entre Rayo Vallecano e Albacete, da segunda liga espanhola de futebol, foi suspenso ao intervalo, depois de ter estado interrompido na primeira parte, devido a insultos contra o ucraniano Roman Zozulya, do Albacete.

Este regresso de Roman Zozulia a Vallecas, quase três anos depois, acabou por ser o esperado: o jogador ucraniano continua a ser 'persona non grata' no emblema de Madrid e os adeptos da casa fizeram questão de deixar isso claro. Em 2017, os adeptos do Rayo Vallecano atiraram-se contra a direção do clube, face a contratação do extremo, por empréstimo do Bétis. Zozulya só permaneceu em Vallecas durante 15 horas: rescindiu contrato e voltou ao emblema de Sevilha.

Polémica em Espanha: Adeptos obrigam Rayo a devolver jogador neonazi ao Bétis
Polémica em Espanha: Adeptos obrigam Rayo a devolver jogador neonazi ao Bétis
Ver artigo

Um grupo de adeptos do Rayo cantou em várias ocasiões durante a primeira metade do jogo palavras ofensivas visando o futebolista de 30 anos, acusando-o de ser "nazi".

"Roman Zozulia és um nazi" ou "Os fascistas fora de Vallecas" e um coro de assobios sempre que o avançado do Albacete tocava na bola.

Estes insultos e assobios levaram o árbitro do encontro, José López Toca, a interromper o jogo durante alguns momentos, enquanto no sistema de som do estádio de Vallecas se pedia para que terminassem os insultos.

Liga espanhola vai processar adeptos do Rayo por causa de Zozulya
Liga espanhola vai processar adeptos do Rayo por causa de Zozulya
Ver artigo

O encontro ainda prosseguiu até ao intervalo, quando o resultado estava 0-0, mas depois de as equipas terem recolhido aos balneários, chegou a informação que a partida não seria retomada, por decisão do árbitro.

Entretanto, a Liga espanhola já reagiu, apoiando a decisão do árbitro e garantindo que "continua a trabalhar contra a violência, o racismo e a xenofobia nos estádios de futebol" e manifestou a sua "mais sincera repulsa sobre o sucedido", que levou, pela primeira vez no país à suspensão de um jogo.

"A Liga anuncia o seu acordo com a decisão tomada pelo árbitro do jogo entre Rayo Vallecano e Albacete Balompie para a suspensão do jogo devido aos graves insultos recebidos pelo jogador do clube visitante, Roman Zozulia. A Liga continua a trabalhar contra a violência, o racismo e a xenofobia nos estádios de futebol e manifesta a sua mais sincera repulsa pelo que aconteceu", escreveu o organismo.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.