Durante o desafio, disputado no estádio dos Kurikutelas, arredores da cidade do  Huambo, foram os donos de casa que mais vezes chegaram à baliza contrária.

Os comandados de João Pintar, que orientou a equipa nas bancadas, por cumprir um castigo disciplinar, criaram a primeira situação de perigo aos 18 minutos, por intermédio de Tchony, que frente a frente com o guarda-redes fez o mais difícil, ao atirar a bola para fora da baliza.

Na outra situação, Mavambo, isolado à entrada da área, rematou aos  40 minutos, a figura do guarda-redes Nelson.

Os forasteiros ainda responderam no minuto 45, com Benarta a cabecear para cima da trave da baliza de Moreira.

No reatamento, os “locomotivas” continuaram a empurrar o adversário para o seu reduto, tendo nesta sequência protagonizado mais uma situação de perigo, no minuto 52, por intermédio  de Nelson que cabeceou para a defesa do guarda-redes contrário.

Neste período, os caseiros mostraram mais destemidos e ávidos em conquistar os três pontos, no quadro dos objectivos de consolidar a sua permanência na competição, vieram a assustar, várias vezes, a baliza contrária, por intermédio de Tchony, aos 68 e 71 minutos, Yanick aos 74, Marques aos 82, mas sem sucessos na finalização.

O mesmo que veio a acontecer com os “sambilas”, quando Jenepy, aos 67 minutos, rematou a escassos centímetros da baliza, enquanto Chiló viu, aos 70, a direcção da bola a ser parada pelo travessão.

De igual modo, Feto dos “locomotivas” também viu a direcção do seu remate a bater no travessão, a passagem do minuto 90+2, permitindo, deste modo, que a partida disputada a porta fechada, em prevenção ao Novo Coronavírus (Covid-19), terminasse tal como começou.

Com este empate, o Ferrovia do Huambo, que na próxima jornada vai defrontar o Desportivo da Huíla, soma 20 pontos e posiciona-se no 13º lugar da tabela classificativa, liderada pelo Petro de Luanda, com 54 pontos.

Já o seu adversário de ocasião, que recebe o Santa Rita de Cássia do Uíge, soma 22 pontos e ocupa a 11ª posição.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.