Carlos Tevez renovou com o Boca Juniors por mais seis meses, mas não vai receber nem um tostão. Quem o revelou foi o próprio, à rádio argentina 'La Red AM 910'.

"Continuo no Boca. Será até dezembro, um contrato de seis meses. (...) Com a pandemia que estamos a viver e com muita gente a sofrer sem trabalho, decidi com a minha família que o contrato que o Boca me ofereceu será doado a uma organização sem fins lucrativos", disse.

Tevez diz mesmo que não quer ver dinheiro nenhum, estando mais focado na conquista da Libertadores com o emblema argentino.

"Não quero dinheiro nenhum, não quero nem vê-lo. Quero que vá para onde escolhermos, podera ajudar muitas famílias. O que quero é jogar mais seis meses e ganhar a Libertadores", acrescentou.

Sobre o futuro, o avançado argentino deixa três hipóteses.

"Logo vejo se me retiro em dezembro ou se vou jogar seis meses no Corinthians ou seis meses no West Ham. Deixo em aberto, não quero ser escravo das minhas palavras", rematou.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.