A plataforma DAZN continua a divulgar mais excertos da entrevista a Cristiano Ronaldo. Depois dos elogios a Zidane e de ter falado sobre os seus objetivos no futebol, o tema de conversa foi a rivalidade com Lionel Messi.

O internacional português elogiou o astro argentino, mas lembrou que a grande diferença entre ambos reside no facto de ter conquistado a Liga dos Campeões por dois clubes, ao passo que o argentino apenas o fez ao serviço do Barcelona.

"Messi é um jogador excelente que será recordado não só pelas Bolas de Ouro, mas sim por ter estado sempre no topo, anos após ano, tal como eu. A diferença entre mim e ele é que eu joguei por clubes diferente e ganhei a Liga dos Campeões nesses clubes diferentes", começou por dizer Cristiano Ronaldo, no documentário 'The Making Of'.

"Fui o melhor marcador da Champions em seis épocas consecutivas. E não há muitos jogadores que tenham ganho cinco Ligas dos Campeões. Identifico-me muito com esta competição", completou o internacional português.

"Obviamente nunca vi tanta rivalidade – entre aspas – e dois jogadores que estão no topo da montanha tandos anos. Com todo o respeito, há grandes jogadores que estão três, quatro, máximo cinco anos no auge. Nunca vi dez anos sempre – como se diz em português – a partir pedra todos os anos, a marcar 40, 50 golos, ganhar títulos, estar sempre ali… custa muito. É o mais difícil no futebol", disse Cristiano Ronaldo, continuando depois:

"Custa muito manter o nível, estar sempre no auge. Esta forma física, este corpo esbelto não caem do céu. É muito trabalho por trás dos troféus", finalizou.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.