A seleção nacional de sub-21 venceu esta quinta-feira a seleção do Leichtenstein no Rheinpark Stadion, em Vaduz, para a qualificação do Euro2019, em Itália.

Quem começou a ver o jogo entre a seleção de Liechtenstein e Portugal com algum atraso provavelmente perdeu o primeiro golo da partida. Com apenas um minuto, Noah Graber marca na própria baliza e dá vantagem à seleção das quinas. Num contra-ataque da equipa lusa, o defesa do Liechtenstein acaba por trair o guarda-redes e faz autogolo.

Aos 27 minutos, a equipa portuguesa afirma a superioridade do jogo e marca o 2-0, com um cruzamento de Bruno Costa para Pereira Lage assistir o cabeceamento de Heriberto. Ao cair do pano, João Filipe ainda aumenta a vantagem. No seguimento de um livre direto, o jogador português bate a bola parada para o fundo da baliza de Armando Majer. Está feito o 3-0, ainda antes do intervalo.

Nos primeiros 45 minutos a equipa de Rui Jorge foi capaz de apontar três golos, no entanto, falta criatividade ao conjunto luso que tem qualidades para se impor mais no domínio do jogo. Tal como aconteceu na primeira parte, a seleção nacional marcou pouco depois do apito inicial. Aos 46 minutos, Heriberto 'bisa' e faz o 4-0 para Portugal, depois de um cruzamento de Diogo Dalot.

Aos 57 minutos, o árbitro marca grande penalidade a favor de Portugal, depois de uma falta sobre Heriberto. Diogo Gonçalves chegou-se à frente para cobrar o penálti e atirou para o 5-0. Poucos minutos depois, Heriberto Tavares bate mais uma vez a fragmentada defesa do Liechtenstein e faz um 'hat-trick', depois de um cruzamento rasteiro de Diogo Gonçalves pela direita.

Aos 79 minutos, Diogo Jota entra para o lugar de Pedro Amaral e menos de 10 minutos depois aponta o sétimo tento de Portugal, com uma assistência de Heriberto.  Já aos 90, Gil Dias faz o oitavo para um minuto depois Heriberto chegar ao 'poker'. Está fixado o 9-0 para a seleção nacional.

Neste momento, a equipa de Rui Jorge está provisoriamente na liderança do grupo 8 com 19 pontos, enquanto a Bósnia-Herzegovina tem 18 pontos, assim como a Roménia - que, no entanto, tem menos um jogo e em caso de vitória sobre o País de Gales esta sexta-feira passa novamente para a frente da seleção nacional.

Ainda assim, Portugal não tem o apuramento direto garantido uma vez que só os primeiros classificados de cada um dos nove grupos garante a qualificação direta, sendo que os quatro melhores segundos disputam um ‘play-off’, do qual sairão mais duas formações, juntando-se à anfitriã Itália.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.