Declarações de Fernando Santos, selecionador de Portugal, na zona de entrevistas rápidas, após o triunfo sobre a Sérvia (4-2), em Belgrado, referente à qualificação para o Euro 2020.

"Esperava uma Sérvia mais ofensiva, a fazer uma pressão mais alta e a procurar ganhar desde o início, mas surpreendeu-me. Jogou com as linhas mais recuadas e a tentar o contra-ataque. Foi um jogo difícil. Tivemos bola, criámos situações golo, mas com dificuldades. Eles também criaram problemas, jogaram com um central a defesa-direito e isso criou-nos problemas. O golo no fim da primeira parte acaba por ser merecido pelo caudal ofensivo que tivemos. No geral, acho que fomos dominadores."

"O nosso problema foi que em certas alturas parámos demasiado o jogo, não fomos tão verticais como eu tinha pedido. Podíamos tirar proveito da lentidão dos centrais deles, mas subíamos, parávamos e voltávamos a organizar o jogo em ataque planeado. Sofremos em algumas alturas, mas foi uma vitória justíssima."

"Nada está definido, mas a Sérvia está numa situação muito complicada. Têm oito pontos negativos no que toca a pontos perdidos. Portugal tem quatro e a Ucrânia dois. Está complicado para eles e esta vitória foi muito importante para nós. Disse que tínhamos de vencer os seis jogos que restavam e vamos tentar isso. Se vencermos a Lituânia ficámos cada vez mais perto da qualificação."

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.