Colónia e Friburgo foram hoje dois dos clubes da Bundesliga eliminados da Taça da Alemanha de futebol, enquanto que o Bayern, detentor do troféu, 'sofreu' para assegurar uma vitória tangencial sobre o Bochum.

O Bochum, do segundo escalão, complicou bastante a vida ao poderoso Bayern e chegou a estar a ganhar por 1-0, mas depois deixou-se empatar e a dois minutos do fim acabou mesmo por sofrer o golo da derrota.

O Bayern, que subestimou o adversário e deixou vários titulares de fora, viu-se a perder aos 35 minutos, com um autogolo do jovem canadiano Alphonso Davies.

No segundo tempo, o treinador Niko Kovac foi buscar ao banco Lewandowski, Philippe Coutinho e Thomas Muller e apresentou em Bochum um esquema mais ofensivo.

Demorou, mas os 'frutos' dessa alteração chegaram, com os golos de Serge Gnabry, aos 83, Muller, aos 89, a fazer o 2-1 e salvar os bávaros, decididamente menos fortes do que o habitual, nesta fase da época.

O Friburgo, equipa revelação da Bundesliga, em que segue em terceiro, perdeu por 3-1 no seu próprio terreno com o Union Berlim, também do campeonato principal.

Quanto ao Colónia, 16.º da Bundesliga, foi batido por 3-2 pelo Sarrebruck, da quarta divisão (Regionalliga), em que lidera a zona sudoeste.

A terceira eliminação de um clube do primeiro nível era esperada, com o lanterna-vermelha Paderborn a perder por 1-0 em Leverkusen.

A segunda eliminatória da Taça da Alemanha prossegue quarta-feira, com destaque para o 'choque' entre o Borussia Dortmund, quinto, e o Borussia Moenchengladbach, que lidera.

O RB Leipzig, adversário do Benfica na Liga dos Campeões, defronta o Wolfsburgo.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.