O Paris Saint-Germain qualificou-se para as meias-finais da Taça de França, ao vencer na receção ao Dijon por 3-0, numa partida em que o treinador alemão Thomas Tuchel poupou algumas das suas principais ‘estrelas’.

Os campeões de França, que lideram à 26ª jornada o campeonato com 17 pontos de vantagem sobre o Lille, cedo resolveram o desfecho da eliminatória, aos oito e 28 minutos, com dois golos muito parecidos, ambos concebidos pelo internacional alemão Julian Draxler, de cujos pés saíram os dois passes a desmarcar o argentino Angel Di Maria para a execução dos dois golos.

Na segunda parte, o PSG foi gerindo a vantagem e chegou ao terceiro golo aos 77 minutos, através do lateral direito belga Thomas Meunier, após assistência do avançado camaronês Choupo-Moting.

O técnico alemão Thomas Tuchel ‘deu-se ao luxo’ de colocar Dani Alves e Kylian Mbappe no ‘banco’, de onde não saíram, apesar de não poder contar com o ponta de lança uruguaio Edinson Cavani e com o brasileiro Neymar por motivos de lesão.

Com lugar garantido nas meias-finais, o PSG aguarda agora pelo desfecho dos restantes três jogos dos quartos de final, dois deles, o Lyon-Caen e o Rennes-Orléans (II escalão), já na quarta-feira.

O último jogo dos ‘quartos’ disputar-se-á a 06 de março e oporá os amadores do Vitré ao Nantes.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.