A atitude de Neymar na final da Taça de França (derrota com o Rennes nas grandes penalidades, após 2-2 no tempo regulamentar) mereceu reprovação até dos colegas e amigos do craque brasileiro na seleção 'canarinha'. Marquinhos e Dani Alves condenaram o gesto do avançado, que agrediu um adepto do Rennes, numa altura em que subia as escadarias do estádio Stade de France para receber as medalhas de finalista derrotado.

"É um caso delicado. Tínhamos acabado de perder um título, ele estava com a cabeça quente . No meu atender, a reação não foi acertada. Temos de ter mais controlo. São coisas que a vida te ensina, tens de errar para melhorar. Não desta forma, mas este erro vai fazê-lo refletir. O Neymar é um rapaz excecional, mas por vezes é demasiado intenso. Há reações como esta que, por mais amigo que seja, não posso apoiar. Creio que aprendeu e espero que não volte a repetir", comentou Daniel Alves, amigo e colega do craque no PSG e na seleção brasileira, após nova derrota dos campeões franceses, agora feita por 3-2 diante do Montpellier.

Também o defesa central Marquinhos comentou o caso, lembrando que Neymar "já não é nenhum miúdo".

"O Neymar sabe que cometeu um erro. A partir do momento em que ataca alguém, sabe que vai acabar mal. Já não é nenhum miúdo, já sabe quando comete um erro, quando acerta e espero que isto lhe sirva de aprendizagem. Ainda assim, também sabemos que com ele as coisas assumem sempre uma dimensão muito grande. Ele já está habituado a isso, sabemos que as coisas são assim, os erros acontecem e ele está aí para aprender e continuar a sua vida", disse o defesa.

Também o treinador do PSG, o alemão Thomas Tuchel, condenou a ação de Neymar.

"Não se pode fazer uma coisa daquelas. Não gosto, de todo, não é possível”, disse o técnico alemão, explicando que embora entenda que é "complicado subir os degraus depois de uma derrota" é preciso "aceitar e mostrar respeito".

Escreve o jornal francês 'L´Equipe' que o craque do Paris Saint-Germain pode ser suspenso entre três a oito jogos pelo seu gesto. De recordar que recentemente Neymar foi punido com três jogos de castigo pela UEFA por insultos ao árbitro do PSG-Manchester United.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.