O Bayern Munique anunciou, esta sexta-feira, ter chegado a um princípio de acordo com o Barcelona para a contratação de Philippe Coutinho. Depois de Guillermo Amor, diretor das relações institucionais do clube catalão ter anunciado o acordo com o emblema bávaro, agora foi a fez de Karl-Heinz Rummenigge, CEO do clube, a dar conta do negócio, que levará o brasileiro a Munique, por empréstimo de uma temporada.

"Posso confirmar que eu e o Hasan [Salihamidzic] estivemos em Barcelona esta quarta-feira e chegamos a acordo com o Barcelona e com o jogador. Já estávamos de olho em Coutinho há imenso tempo. Mas o nome não nos interessa, apenas a qualidade", comentou, ao site do Bayern Munique.

"Gostaria de agradecer ao Barcelona. Claro que ainda falta finalizar alguns detalhes mas estamos muito satisfeitos com esta contratação", finalizou Rummenigge.

Escreve o jornal catalão 'Sport' que Philippe Coutinho será emprestado por uma temporada, com o Bayern Munique a pagar 20 milhões de euros pelo empréstimo. O emblema alemão fica ainda responsável pelo pagamento total do salário de Coutinho, que é de 12 milhões de euros anuais.

Os bávaros ficam com opção de compra do jogador no final da época, no valor de 120 milhões de euros. Se esta cláusula for ativada pelo Bayern Munique, o Barcelona conseguirá assim recuperar o investimento feito no jogador há duas temporadas, quando o contratou ao Liverpool.

O jogador brasileiro teve de sair da convocatória do Barcelona que perdeu esta noite com o Athletic Bilbao, na primeira jornada da Liga Espanhola, ele que não conta para Valverde.

Oriundo do Liverpool há um ano, pela cifra recorde, para o clube, de 120 milhões de euros, mais 40 milhões em variáveis, Coutinho nunca se impôs e foi perdendo espaço na equipa, acabando mesmo por ser várias vezes assobiado em Camp Nou.

Ainda esta noite, o Bayern Munique anunciou a contratação do médio francês Mickael Cuisance, de 20 anos, proveniente do Borussia Monchengladbach.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.