São inúmeros os casos de futebolistas cujas carreiras foram mal geridas. Muitas promessas não passaram disso mesmo, muito por culpa de más decisões em tenra idade. A UEFA está preocupado com o fenómeno, por isso decidiu lançar uma aplicação para ajudar os futebolistas de todas as idades ao longo da sua carreira, desde o início até retirar-se.

Várias personalidades do mundo do futebol e ex-jogadores como Nuno Gomes, Eric Abidal, Simon Rolfes dão conselhos aos utilizadores da aplicação acerca de diferentes temas, no sentido de os ajudar a tomar as melhores decisões ao longo da carreira.

"Teria sido maravilhoso ter tivesse tido acesso a este tipo de informação no início da minha carreira", explicou Eric Abidal ao site da UEFA. O antigo internacional francês contribuiu para o módulo 'A minha imagem' da aplicação, que mostra como gerir a carreira de um jogador nas relações com a imprensa e na utilização das redes sociais.

A aplicação contém oito módulos educativos sobre os vários tópicos, todos baseados em vídeos de simulação imersivos e estudos de casos da vida real. A aplicação é altamente interactiva e 'jogável”', disponibilizando as informações mais recentes sobre a gestão da carreira no futebol.

"É uma iniciativa inovadora da UEFA, criar uma aplicação que pode ajudar verdadeiramente os jogadores a tomar decisões importantes em diferentes fases das suas carreiras", destacou Nuno Gomes ao site da UEFA. O antigo avançado do Boavista, Benfica, Fiorentina e da seleção de Portugal recorreu à sua vasta experiência para ajudar a conceber o módulo 'O Meu Jogo', que oferece informações importantes sobre os regulamentos do futebol e as Leis do Jogo.

Simon Rolfes, antigo médio internacional alemão e actual director desportivo do Bayer Leverkusen, deu o seu contributo para o módulo 'As Minhas Finanças'. Rolfes reconhece que os jogadores enfrentam "muitas coisas novas" no início das suas carreiras, desde questões financeiras à relação com a imprensa.

Quando questionado sobre que conselho daria aos jogadores, afirmou: "Façam apenas coisas que dominam totalmente. Se não entendem alguma coisa, então não é para vós. Isto irá ajudar-vos a evitar muitos problemas", sublinhou, ao site da UEFA.

A UEFA explica que a aplicação vai ser também disponibilizado às 64 equipas que vão disputar a UEFA Youth League esta época, pelo que cerca de 2.500 jogadores vão ter acesso a esta iniciativa de formação. Numa primeira fase, vai estar inicialmente disponível em inglês, francês, alemão, italiano, português, russo, sérvio e espanhol, com o grego, polaco e turco a serem acrescentados ao longo desta época.

As federação nacionais, clubes e sindicatos de jogadores interessados podem entrar em contacto com a UEFA para academy@uefa.ch e solicitar acesso para os seus jogadores de alto rendimento.

A UEFA Para os Jogadores é uma das muitas iniciativas da Academia da UEFA, o centro da UEFA dedicado a disponibilizar profissionais que trabalham em oportunidades de desenvolvimento no futebol.

Os oito módulos da aplicação:

A minha UEFA - Mensagens importantes sobre a UEFA, os seus valores, papel e missão
Anti-doping - Informações sobre o anti-doping para consciencializar e proteger os jogadores
Integridade da UEFA - Informações e mensagens importantes sobre integridade para proteger melhor os jogadores
O meu jogo - Informações importantes sobre as Leis do Jogo e os regulamentos das principais competições da UEFA
A minha segunda carreira - Informações sobre a preparação para uma carreira depois do futebol e programas educacionais que podem ajudar
A minha imagem - Comunicação, imprensa e formação sobre as redes sociais, o que fazer e não fazer nestes espaços
As minhas finanças - Informações sobre a importância dos jogadores gerirem adequadamente suas finanças e obrigações
Fair Play Social- Informações sobre diversidade e inclusão e de como agir como agentes de mudança dentro e fora do campo

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.