O Petro de Luanda deu um passo "tímido" nas afrotaças, ao consentir empate caseiro diante do USM da Argélia, por 1-1, no jogo da segunda jornada do Grupo C da Liga dos Clubes Campeões Africanos em futebol, disputado neste sábado, no estádio 11 de Novembro, na capital do país.

Sem a dinâmica esperada, mesmo actuando no seu reduto, os “petrolíferos” perdiam ao intervalo por 0-1, golo de Benchaa, aos 53 minutos, sendo que Tony restabeleceu a igualdade, aos 63, para satisfação dos mais de cinco mil adeptos nas bancadas, que já se mostram desolados.

De início, o avançado Benchaa é incapaz de surpreender o guarda-redes da formação angolana Elber, em plena área, numa clara demonstração da intenção do visitante. Em resposta, Tó Carneiro falha no reduto defensivo contrário, aos 15.

Decorridos 30, maior ascendente do anfitrião, que incomoda com mais frequência o oponente. Desta, Dany remata forte para uma defesa arrojada do guardião argelino Mansouri, aos 40. O jogador Billel, aos 44, testa os reflexos do guarda-redes do Petro, com um remate à distância.

Nesta toada, de acções equilibradas, a partida chega ao intervalo com o resultado em branco. Em reatamento, Tony deixa-se desarmar em terreno privilegiado do USM da Argélia.

Em função e contra todas as espectativas, o dianteiro Benchaa inaugura o marcador, na sequência de um cabeceamento, aos 53, em desvio do cruzamento de um dos seus companheiros, emudecendo por completo os barulhentos apoiantes “tricolores”.

O irreverente capitão Job faz a bola passar próximo do poste da baliza da turma argelina, aos 60. O futebolista Anis rende o seu colega Billel, por parte do conjunto estrangeiro.

Da outra parte, Dolimenga substitui Além e Isaac Mensah não consegue dar sentido correcto ao esférico.

Assim,o atacante Tony empata para o Petro, também de cabeça, aos 63, apanhando de surpresa os contrários, em jogada de insistência, para o gáudio dos aficionados.

O futebolista Belarbi entra no lugar de Hichem, aos 73, no USM. Os “petrolíferos” respondem com entradas de Jacques e Yano, nos lugares de Tony e Isaac, aos 84.

Já na fase derradeira da contenda, ajuizada pelo árbitro etíope Bamlak Weyesa, o jogador Zouari é substituído por Aden, na equipa argelina, que consegue impor um rigoroso empate sobre o Petro, mesmo no seu campo.

Na ronda inaugural, no fim-de-semana anterior, o vice-campeão nacional foi derrotado na África do Sul, por 0-3, pelo Mamelodi Sundows.

O Petro, que somou o primeiro ponto na competição, joga dia 28 a 3ª jornada em casa do Wydad Casablanca de Marrocos, no estádio Mohammed.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.