O director de comunicação e marketing do Domant FC do Bengo, Daniel António, disse que o seu clube está disponível para participar na próxima edição da "segundona", com vista ao apuramento ao Girabola.

Reagindo a anulação da prova de apuramento ao Girabola, o responsável explicou que o Domant FC tem responsabilidade social com a província no fomento do desporto de alta competição, pelo que continuará a dar o seu contributo.

Sobre os contratos dos atletas, Daniel António disse que são renováveis anualmente, com excepção dos que transitaram da formação, tendo admitido alguns “pendentes” na liquidação do pagamento de alguns atletas que estão a ser resolvidos pela direcção do clube.

Relativamente à anulação da “segundona”, Daniel António disse ter sido a decisão acertada, tendo em conta o perigo que representa a pandemia da covid-19.

“Do ponto de vista da humanização foi a melhor decisão, já que esta medida salvaguarda a integridade física dos fazedores do desporto, já que a covid-19 é um inimigo invisível e o melhor é não arriscar”, explicou.

O também porta-voz do Domant FC referiu ainda que, do ponto de vista desportivo, a participação na “segundona” não estava a decorrer como preconizado e o almejado regresso ao campeonato da primeira divisão do futebol estava comprometido.

“Lamentamos pelas equipas que estavam às portas do apuramento do próximo ano, mas não se faz futebol com riscos de saúde”, destacou.

O Campeonato Nacional da segunda divisão "Segundona" foi recentemente anulado durante um encontro em Luanda, à porta fechada, entre a direcção da Federação Angolana de Futebol (FAF), clubes e associações provinciais, devido à covid -19.

O Domant FC era um dos representantes da província do Bengo na prova de apuramento ao Girabola, a par da formação do Paulo FC.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.