O selecionador da Argentina, Lionel Scaloni, confirmou este sábado que Marcos Acuña e Agustín Marchesín vão ser titulares na partida de preparação frente ao Equador.

Na antevisão ao encontro que se disputa em Alicante, Espanha, o técnico da seleção albiceleste revelou aos jornalistas a equipa inicial para o jogo deste domingo, às 15h00.

"A equipa para amanhã será: Agustín Marchesín, Juan Foyth, Germán Pezzella, Walter Kannemann, Marcos Acuña, Nicolás González, Rodrigo De Paul, Leandro Paredes, Lucas Ocampos, Lucas Alario e Lautaro Martínez", disse o técnico, citado pelo jornal 'Olé'.

Questionado sobre a titularidade de Marchesín, Scaloni explicou que o guarda-redes do FC Porto "merece ter continuidade".

"É o momento de ter continuidade. Ele merece. Todos os guarda-redes que temos têm um nível semelhante. O nível de exposição é maior no Boca ou no River. Estamos contentes com Agustín. Além de ser um grande guarda-redes, deu-nos muito durante a Copa América e teve um bom comportamento. Precisamos de ter três ou quatro bons guarda-redes", acrescentou.

Sobre as ausências de Aguero e Messi, este último está suspenso pela CONMEBOL, o selecionador da Argentina garantiu que os dois irão regressar às convocatórias já na próxima data FIFA.

"Messi não veio por conta da suspensão e Aguero tinha um problema físico, não estava a treinar a 100 por cento pelo clube, portanto decidimos deixá-lo. Seguramente que estarão os dois na próxima data de seleções", concluiu.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.