A seleção portuguesa de futebol empatou hoje com a sua congénere dos Estados Unidos por 1-1, no segundo encontro particular de preparação para o Mundial de 2018, disputado no Estádio Municipal de Leiria.

Os norte-americanos adiantaram-se no marcador aos 21 minutos, através de Weston Mckennie, mas Portugal não demorou a responder, igualando 10 minutos depois, por intermédio de Antunes, que beneficiou ainda de uma falha do guarsda-redes contrário.

Um dos jogadores que teve a sua estreia com a camisola da equipa principal de Portugal foi Gonçalo Paciência. O avançado do Vitória de Setúbal entrou no decorrer da segunda parte e procurou várias vezes fazer o golo. No final do jogo, Gonçalo Paciência estava naturalmente satisfeito com a estreia.

"Foi bom. O expoente máximo da carreira de um jogador é representar a Seleção Nacional. Estou muito feliz pela estreia. O resultado não foi o que queríamos, que era vencer, mas estou feliz", disse o jogador em declarações à TVI.

Questionado sobre a possibilidade de ser convocado por Fernando Santos para o Mundial, Gonçalo Paciência admitiu que esse é um dos seus objetivos para o próximo ano.

"Temos sempre uma hipótese mas não está decidido. Temos de continuar a trabalhar para estarmos todos aptos a representar a Seleção", disse Gonçalo Paciência.

O duelo com o Estados Unidos vai ser o último da seleção nacional em 2017, numa fase em que já prepara a participação no Campeonato do Mundo da Rússia, tendo a receita do jogo, à semelhança do que aconteceu no Portugal-Arábia Saudita, revertido para as vítimas dos incêndios, que, recentemente, atingiram o país.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.