O FC Porto conquistou, este domingo, a Copa Ibérica de futebol, ao bater os espanhóis do Getafe por 2-1, na primeira edição do torneio quadrangular de pré-época que decorre na cidade de Portimão.

Os espanhóis colocaram-se em vantagem aos 39 minutos por intermédio de Cabrera, mas já no decorrer do segundo tempo Pepe, aos 52 minutos, e Fábio Silva, aos 81, fizeram os golos que deram a vitória aos portistas.

Do lado do FC Porto, Sérgio Conceição promoveu sete alterações em relação à equipa que na sexta-feira tinha derrotado o Bétis: Manafá, Pepe, Romário Baró e Sérgio Oliveira foram os únicos que se mantiveram. Os reforços Marcano e Luis Díaz foram titulares.

A primeira contrariedade para os dragões surgiu logo nos minutos iniciais. Soares chocou com um adversário e teve de ser substituído pelo cabo-verdiano Zé Luís.

O colombiano Luis Díaz foi dos mais ativos no primeiro tempo, mas foram dos pés deste jogador que saíram os dois grandes falhanços do encontro. Primeiro, aos 22 minutos, o extremo não aproveitou uma saída em falso do guardião adversário e rematou para defesa de Chichizola. Depois, e já em cima do apito para o intervalo, Díaz desperdiçou um passe de Zé Luís e atirou ao lado.

Mas o marcador não foi para o intervalo sem golos. Aos 39 minutos, e na sequência de um pontapé de canto, Cabrera cabeceou colocado para o fundo das redes de Diogo Costa.

O FC Porto entrou no segundo tempo à procura de empatar a partida, e foi isso que conseguiu aos 52 minutos. Canto de Sérgio Oliveira para o segundo poste e Pepe, com um cabeceamento muito colocado, bate Rubén Yáñez e empatou a partida.

Sérgio Conceição fez muitas mexidas, como habitual neste tipo de jogos, e colocou em campo muitos jovens da formação e foi precisamente dos pés de um destes futebolistas, mais propriamente de um jovem de apenas 17 anos, que saiu o golo da vitória dos portistas.

Corria o minuto 82 quando Fábio Silva, que tinha entrado em campo aos 73 minutos, fez o golo que deu ao FC Porto o troféu na primeira edição da Copa Ibérica. Canto na esquerda batido por Alex Telles, Zé Luís cabeceou para defesa incompleta de Rubén Yáñez e na recarga o jovem avançado atirou para o fundo das redes.

Este foi o penúltimo encontro de preparação dos 'dragões', que fecham a pré-temporada com a receção ao Mónaco, no sábado, no encontro de apresentação aos adeptos, no Estádio do Dragão.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.