Na semana passada, o Benfica oficializou a entrada nos Esports, para já nas competições de FIFA, mas promete alargar os jogos, num plano ainda por divulgar no futuro. E o clube da Luz mergulhou de cabeça na contratação de um talento brasileiro, considerado atualmente um dos melhores jogadores de FIFA no Brasil: Henrique Lempke, mais conhecido na comunidade por Zezinho23xX.

E logo nos primeiros dias de águia ao peito o jogador mostrou as suas credenciais, ao ficar no Top 8 (quartos de final na PS4) do FUT Champions III em Atlanta, onde viria a perder com o finalista Umut. A participação não só daria o acesso direto ao próximo FUT Champions IV, a ser disputado em Paris, mas também um indício de que a aposta do Benfica pode trazer frutos para o clube.

“O ADN do clube é vencer todas as competições em que participa. O caso do eSports não poderia ser diferente, e todos os atletas do clube bebem dessa filosofia entrando em todos os jogos e competições para vencer”, referiu fonte oficial do SL Benfica ao Sapo Desporto eSports. Quando pedimos para descrever o seu primeiro jogador de FIFA, o responsável afirma que “o Zezinho é um jovem brasileiro de 19 anos natural de Camaquã, uma pequena cidade no sudeste do Brasil, perto de Porto Alegre. Ele colocou em stand-by o seu sonho de estudar medicina para dar a conhecer ao mundo o seu talento no FIFA – é o melhor jogador Brasileiro da atualidade”.

Primeiros jogadores de FIFA 20 do SL Benfica
O austríaco Fabio “Faoetnation” Özelt e o brasileiro Henrique "Zezinho23xX" Lempke são os primeiros jogadores da equipa de FIFA 20 do SL Benfica.

E não há dúvida que o jovem brasileiro já tem histórico nas competições internacionais de FIFA. Zezinho participou no FIFA eWorld Cup em 2017 e 2019, chegando aos quartos-de-final o que lhe garantiu um lugar no TOP 8 Mundial, resultado que voltou a obter em Atlanta. “É um dos melhores no jogo ofensivo, sendo frequentemente o melhor marcador nos grandes torneios. Entre outros torneios participados e ganhos, a sua motivação para crescer e continuar a desenvolver o seu percurso de sucesso é enorme”, avança a fonte do SL Benfica.

Questionado sobre a razão da escolha de um jogador estrangeiro, quando existe bom talento português, o representante do clube concorda que existem diversos bons atletas nacionais e vários foram considerados como opção, mas os respetivos compromissos e contratos assinados com outras formações obrigaram o Benfica a olhar para fora. “O Zezinho encaixa-se na nossa cultura vencedora e fez parte dos nossos planos desde o início, dadas as suas características e reputação na comunidade FIFA”.

Zezinho não será o único jogador da equipa. O clube está otimista com o arranque do ano e do regresso das competições de FIFA, o que dará tempo para fazer as devidas prospeções de mercado e a procura de talento que se revelarem oportunas. De recordar que no sábado passado o clube encontrou o segundo jogador através de um torneio de captação, reunindo 16 potenciais candidatos a assinar pelo clube.

O vencedor e a segunda contratação do clube foi o  jovem austríaco Fabio “Faoetnation” Özelt, ex-capitão do Wolfsberger AC. No currículo tem o terceiro lugar da e-Bundesliga em 2019, entre outras classificações de topo em competições alemãs.

“Tal como para o nosso Futebol Profissional, planeamos participar em eventos que nos permitam proporcionar aos nossos fãs participações enérgicas e de alto nível, como este clube sempre nos habituou. Cremos que o nosso movimento de entrada nos eSports ajudará a fazer crescer a paixão local por este desporto digital e a alavancar o seu crescimento nos próximos anos”, conclui o porta-voz do SL Benfica, rematando com a promessa de que o clube tem planos ambiciosos para fazer crescer a sua oferta nos eSports, pedindo aos fãs e adeptos para se manterem ligados a futuros anúncios.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.