Mourinho

08-06-2014 17:16

"Cedo percebi que tinha talento"

Mourinho explicou ainda que não é obcecado por futebol mas gosta de ter equipas e jogadores ambiciosos.

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

Mourinho contou como foi influenciado pelo seu pai no mundo do futebol. O técnico português do Chelsea afirmou que desde cedo apercebeu-se que tinha talento para treinar.

"O meu pai era jogador, depois foi treinador. Eu sempre joguei, ainda que não tenha sido um jogador profissional de topo. O futebol sempre fez parte da minha vida. Comecei por trabalhar com miúdos e percebi que tinha talento e conseguia bons resultados", explicou o Special One em declarações ao site Yahoo.

Mourinho explicou ainda que não é obcecado por futebol mas gosta de ter equipas e jogadores ambiciosos.

"Gosto de ter responsabilidade e elevar a fasquia, para mim e para as minhas equipas. É assim que gosto de viver. Não tenho obsessões. Essa palavra retira o prazer que sentimos pelo futebol, o qual deve ser uma paixão", frisou o português, um homem muito apegado à família.

"A família é tudo. Mesmo sem o futebol seria um homem feliz com uma família feliz. Não preciso do futebol para ser feliz, mas da minha família", sublinhou.


Conteúdo publicado por Sportinforma