Caso inédito no futebol

22-11-2012 01:22

Vilankulo não sofre golos em casa há 1380 minutos

Mauro foi o último jogador a marcar ao Vilankulos em casa, em outubro de 2011.
Vilankulo não sofre golos em casa há 1380 minutos

Por Evandro Delgado sapodesporto@sapo.pt

Não se conhece por este mundo fora um caso semelhante: um clube que tenha terminado um campeonato sem consentir qualquer golo em casa. Este é o caso do Vilankulo FC, equipa moçambicana da província de Inhambane que ficou em 5º lugar no Moçambola2012.

Dos 13 jogos realizado em casa, o Vilankulo venceu oito e empatou cinco, tendo marcado 13 golos e não sofrido nenhum.

Este último dado deve ser inédito e não se conhece no mundo inteiro, uma equipa que tenha terminado um campeonato sem sofrer qualquer golo em casa. Foram 1170 minutos com as redes intactas durante esta temporada, ao que se deve juntar duas jornadas da época passada, mais alguns minutos da 22ª jornada, data do último tento encaixado por um guarda-redes "marlim".

É preciso recuar até a temporada de 2011 para encontrar o último golo sofrido pela formação de Chiquinho Conde em casa. Aconteceu a 22ª jornada, frente ao Chingale de Tete por 0-1, no dia 15 de outubro de 2011, um golo de Mauro marcado na 2ª parte de um encontro dominado pelo Vilankulo. Também foi a última derrota dos "marlins" em casa.

Além de não ter sofrido qualquer golo entremuros, a formação orientada por Chiquinho Conde foi a única do Moçambola2012 a não perder qualquer jogo em casa. Os "marlins" de Inhambane terminaram a prova com a melhor defesa, tendo encaixado dez golos em 26 jogos.

A formação do Vilankulo tem vindo a melhorar de ano para ano, desde que ascendeu ao Moçambola em 2010. Na sua primeira participação, os "marlins" ficaram na 7ª posição. No ano seguinte, subiram mais um degrau e alcançaram o 6º posto na tabela classificativa, tendo neste ano de 2012 conseguido o 5º lugar no Moçambola, com 40 pontos: dez vitórias, dez empates, seis derrotas, 18 golos marcados e dez sofridos. Na última jornada, empataram a zeros com o já campeão Maxaquene.